quinta-feira, 25 de junho de 2015

Receita para o amor eterno

Mulher chorando - Pablo Picasso


Certa vez, enquanto esperava para fazer sua escova, leu na revista semanal do salão de beleza que para o amor perdurar, teria que fazer o que as mulheres estampadas no folhetim faziam e seguir três passos cruciais.
Receita para o amor da vida inteira, dizia a manchete.
É infalível, relatava uma das famosas da revista.
Ela, já animada com a notícia, abriu um sorriso sem precedentes. Enquanto chegava sua vez de ser atendida, decorou os passos da receita e prometeu colocá-la em prática ao chegar em casa.
Ao ser atendida, porém, mais uma vez buscou uma outra revista como passatempo, desta vez a mensal. E, por coincidência, ou não, esta trazia como destaque uma receita para o amor não morrer.
Esqueça tudo o que você já leu sobre o assunto, dizia a reportagem, nós temos a receita para seu amor durar para sempre.
Ela, mais uma vez se animou e leu ferozmente tudo o que ali estava escrito.
Eufórica, com a receita em mente, saiu do salão já planejando como colocaria tudo em prática. Colocou.
Dois dias depois o namoro havia acabado. Ela inconformada e triste com a separação e ainda mais com a receita falha, ligou para o SAC da revista afim de fazer uma reclamação. Rapidamente, porém, seu semblante mudou completamente. E ela quase deu pulinhos de felicidade.
A revista desta semana trará uma receita facílima de como recuperar o amor perdido, falou a atendente do outro lado da linha.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...